Musicando

 

 

 

 

  

 

Sonho De Uma Flauta

O Teatro Mágico

Nem toda palavra é
Aquilo que o dicionário diz
Nem todo pedaço de pedra
Se parece com tijolo ou com pedra de giz
Avião parece passarinho
Que não sabe bater asa
Passarinho voando longe
Parece borboleta que fugiu de casa
Borboleta parece flor
Que o vento tirou pra dançar
Flor parece a gente
Pois somos semente do que ainda virá
A gente parece formiga
Lá de cima do avião
O céu parece um chão de areia
Parece descanso pra minha oração
A nuvem parece fumaça
Tem gente que acha que ela é algodão
Algodão as vezes é doce
Mas as vezes né doce não
Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
Hum... E o mundo é perfeito
Hum... E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito
Eu não pareço meu pai
Nem pareço com meu irmão
Sei que toda mãe é santa
Sei que incerteza traz inspiração
Tem beijo que parece mordida
Tem mordida que parece carinho
Tem carinho que parece briga
Tem briga que aparece pra trazer sorriso
Tem riso que parece choro
Tem choro que é por alegria
Tem dia que parece noite
E a tristeza parece poesia
Tem motivo pra viver de novo
Tem o novo que quer ter motivo
Tem sede que morre no seio
Tem nora que fermata quando desafino
Descobrir o verdadeiro sentido das coisas
É querer saber demais
Querer saber demais
Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
Mas sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
E o dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito...



-> Belíssima letra e melodia, teatro mágico, dando show de inteligencia e promevendo relaxamento mental.
 






















 

Eu Tive Um Sonho

Kid Abelha

Eu tive um sonho
Vou te contar
Eu me atirava do
Oitavo andar
E era preciso
Fechar os olhos
Pra não morrer e não me
Machucar
É o que devemos fazer
Não temos que ter medo
É o que devemos fazer
Eu tive um sonho
Muitos soldados
Me procuravam dentro do
Meu prédio
E era preciso
Voar pelas escadas
Pra não deixar que eles
Chegassem perto
É o que devemos fazer
Não temos que ter medo
É o que devemos fazer
Não deixe de cruzar
O seu olhar com o meu
Eu vou jogar meu corpo
em cima do seu
Não deixe de cruzar
O seu olhar com o meu
Eu vou jogar meu corpo
Em cima, em cima
do seu...
É o que devemos fazer
É o que devemos fazer
Não deixe de cruzar
O seu olhar com o meu
Eu vou jogar meu corpo
em cima do seu
Não deixe de cruzar
O seu olhar com o meu
Eu vou jogar meu corpo
Em cima, em cima
Do seu...


-> Sempre me reporta a infância, amava escutar os mesmos cds por horas.




 

T.N.T.

AC/DC

(15x)
Hoy
See me ride out of the sunset
On your color TV screen
Out for all that I can get
If you know what I mean
Women to the left of me
And women to the right
Ain't got no gun
Ain't got no knife
Don't you start no fight
'Cause I'm TNT, I'm dynamite
TNT, and I'll win the fight
TNT, I'm a power load
TNT, watch me explode
I'm dirty, mean and mighty unclean
I'm a wanted man
Public enemy number one
Understand?
So lock up your daughter
Lock up your wife
Lock up your back door
Run for your life
The man is back in town
Don't you mess me 'round
'Cause I'm TNT, I'm dynamite
TNT and I'll win the fight
TNT, I'm a power load
TNT, watch me explode
(4x)
TNT, hey, hey, hey
TNT, hey
I'm dynamite (Hey, hey)
TNT, hey
And I'll win the fight (Hey, hey)
TNT, hey
I'm a power load (Hey, hey)
TNT
Watch me explode

-> Foi a partir dessa canção que me apaixonei explosivamente por AC/DC.

Tatuagens

Uma decisão importante visto que, é uma marca definitiva, uma escolha que particularmente foi feita pensando nas preferências e o que busco para o futuro!
Além de ser o favicon do meu blogg é símbolo de saúde, vitalidade e dos prazeres que a vida pode oferecer.







Homenagem ao meu amado companheiro e a todos os felinos por serem orgulhosos, folgados, fofos, por sua excelência e auto valorização, porque somos gatos que já nascemos pobres porém livres .














Trinitrotolueno, porque somos explosivos, expontâneos, queimamos quando sentimos!!!
AC/DC já exprimia o que sinto:
"...Cause I'm TNT, I'm dynamite
TNT, and I'll win the fight
TNT, I'm a power load
TNT, watch me explode..."




Dicionário Maluco parte 1



Abismado - Pessoa que sofreu queda num abismo. 
Abreviatura - ato de se abrir um carro de polícia.
Abstêmio - Pessoa de caráter fraco que cede a tentação de privar-se de um prazer.
Açucareiro - Revendedor de açúcar que vende acima da tabela.
Admiração - Reconhecimento de que outra pessoa se parece conosco.
Adversário - Dia do nascimento do fanho.
Agulha - Objeto difícil de se encontrar em um palheiro, mas muito mais difícil de se encontrar nas mãos de uma mulher.
Alopatia - Dar um alô pra tia.
Amador - 1. O mesmo que masoquista. 2. Aquele que sente paixão pela dor.
Amigo - Pessoa que se conhece a fundo e apesar disso se gosta dela.
Amizade - Afeto que une um homem a outro homem com o qual se tenha algum interesse mútuo, ou a uma mulher pela qual não se tenha interesse nenhum.
Antitetânico - Homem que odeia seios grandes.
Armarinho - Vento proveniente do mar.
Assaltante - Pessoa que exige a bolsa ou a vida; não confundir com mulher, pois esta costuma exigir as duas coisas.
Assassinato - A prova máxima de que alguém estava realmente irritado com o outro.
Autor - Ignorante que não contente em aborrecer os seus contemporâneos, se empenha em aborrecer as gerações vindouras.
Bacanal - Reunião de bacanas.
Banco - Instituição que se dispõe a emprestar dinheiro mediante uma demonstração de que você não precisa dele.
Barbicha - Bar gay
Barganhar - Receber um botequim como herança.
Bigamia - É o estado de quem tem uma mulher a mais (não confundir com monogamia, que significa a mesma coisa).
Boceta - Uma caixinha que antigamente os homens usavam para conservar rapé e hoje as mulheres usam para ganhar dinheiro dos homens.
Caatinga - Cheiro Ruim
Cálice - Ordem para ficar calado.
Caminhão - Estrada muito grande.
Canela - Dispositivo para achar móveis no escuro.
Canguru - Líder espiritual dos cachorros.
Canibal - Sujeito que no restaurante pede o garçom como prato principal.
Catálogo - Ato de se apanhar coisas rapidamente.
Cérebro - Aparelho que serve para pensar que se pensa.
Chicote - Francisco de baixa estatura.
Ciência - Parte de nossa ignorância classificada e ordenada.
Cínico - Sujeito que insiste em ver as coisas como elas são, ao invés de vê-las como elas deveriam ser.
Compulsão - Qualquer animal com pulso grande.
Conhecido - Pessoa a que se conhece suficientemente bem para pedir-lhe dinheiro emprestado, mas se conhece muito pouco para emprestar-lhe.
Conservador - Político que defende os males existentes, em oposição ao Liberal, que é aquele que desejaria trocá-los por outros.
Covarde - Aquele que, quando está em apuros, pensa com as pernas.
Crítico - Pessoa sem pernas que quer ensinar os demais a correr.
Depressão - Espécie de panela angustiante.
Detergente - Ato de prender indivíduos suspeitos.
Determina - Prender uma moça.
Destilado - Aquilo que não está do lado de lá.
Desdentadas - O mesmo que dez mordidas.
Diplomacia: Diga "Bom cãozinho!" até você achar uma pedra.
Editor - Aquele sujeito que tem a difícil missão de separar os artigos bons dos artigos ruins, para publicar só os ruins.
Egoísta - Pessoa de mal gosto, que tem mais interesse em si mesmo do que em mim.
Embarguei - Indivíduo que foi encontrado em bar GLS.
Esfera - Animal feroz amansado
Espanha - Terra onde foi criada a espanhola, que resultou na invenção do silicone.
Estouro - Bovino que sofreu operação de mudança de sexo.
Evento - Constatação de que realmente é vento, não furacão.
Exótico - Algo que deixou de ser ótico, passou a ser olfativo ou auditivo.
Experiência - Revelação que nos permite renunciar aos erros de nossa juventude para substitui-los pelos da velhice.
Fornecedor - Empresário dedicado ao ramo de encantar os masoquistas.
Filosofia - Quando aquele que ouve não consegue entender o que aquele que fala está querendo dizer e quando aquele que fala também não sabe o que está querendo dizer.
Filosofia - Respostas obscuras para questões insolúveis.
Galinha - O procedimento de que se vale um ovo para produzir outro.
Genitália - Órgão reprodutor dos italianos.
Homossexual - Sabão em pó para lavar os órgãos genitais.
Hospitalidade - Virtude que nos induz a hospedar e dar comida a pessoas que não precisam de comida nem de hospedagem.
Inflação - É ter que viver pagando os preços do ano que vem com o salário do ano passado.
Jurado
- Doze pessoas escolhidas ao acaso para decidir quem tem o melhor advogado.
Karma - Expressão mineira para evitar o pânico.
Leilão - Mulher alta com nome Leila
Locadora - uma mulher maluca de nome Dora.
Lógica - Método sistemático de chegar a conclusão errada com confiança.
Matrimônio - Conjunto formado por duas pessoas: um senhor, uma senhora e dois escravos.
Medicina - Arte de se entreter um paciente até que a Natureza resolva curá-lo.
Mulher - Aquela que durante todo o mês fica criticando o marido porque ele trabalha demais e no final do mês o critica porque ele ganha pouco.
Novamente - Diz-se de indivíduos que renovam sua maneira de pensar.
Obscuro - O.B. na cor preta.
Otimista - Um pessimista mal informado.
Paz - Em política internacional, o período de conversação entre as guerras.
Psicopata - Veterinário especialista em doenças mentais de patas.
Quartzo - Partze ou aposentzo de um apartamentzo.
Razão - Lago muito extenso porem pouco profundo.
Rodapé - Aquele que tinha carro mas agora roda à pé.
Saara - Mulher de Jacó
Sexólogo - Sexo apressado.
Simpatia - Concordância com a irmã da mãe.
Solução - Soluço muito forte.
Sossega - Mulher que tem outros sentidos mas é desprovida de visão.
Suicídio - A mais radical forma de auto-crítica.
Talento - Característica de alguma coisa devagar. Ex: Barrichelo, talento nas retas, talento nas curvas...
Textículo - Texto muito pequeno.
Típica - O que o mosquito nos faz.
Trigal - cantora bahiana elevada ao cubo.
Turista - Vagabundo com dinheiro.
Unção - Erro de concordância. O certo é "um é".
Vagabundo - Indivíduo sem nenhum domicílio. Quando um indivíduo tem dois domicílios, se chama Libertino.
Vatapá - Ordem dada por prefeito de cidade esburacada, no Nordeste.
Vidente - Dentista falando sobre seu trabalho.
Viúva - Ato de ver uva.
Volátil - Sobrinho(a) avisando onde vai.
Zoológico - Reunião de animais racionais.
Zumzumzum - na Fórmula 1, momento em que o espectador percebe que os 3 líderes da prova acabaram de passar à sua frente

Os Caras



Recentemente um grupo de comediantes têm se destacado em shows de improviso denominados assim por eles: Jogos. O sucesso começou com alguns vídeos postados no you tube e hoje o grupo os barbixas apresentam-se em programas da rede televisiva de destaque como: programa do Jô, quinta categoria, MTV, enfim desde o sinal livre ao fechado. 









O Poder dos Pensamentos

Não sou a pessoa mais adequada para falar de controle dos sentimentos porque, ainda que tenha muitos e variados hábitos masculinos sou mulher. Que ñ passa por u momento muito tranqüilo. A pesar dos pesares ter recursos como desenho, pintura, leitura e jogos me possibilitam desenvolver minha criatividade deixando os incômodos em segundo plano ou até sem atenção. O poder da mente é uma fantástica desenvoltura utilizada por poucos. Ainda que saibamos de seus benefícios não compreendemos a maneira de colocar em pratica com naturalidade.
Nasci dentro da doutrina espírita, uma religião livre de contribuições forçadas, atenciosa por seus mentores e trabalhadores. Nunca havia passado pela minha cabeça a possibilidade de não existir Deus (um ser supremo cuja forma e poder são indescritíveis, visto que sua aparição e existência residem dentro de nós). Entretanto, depois de ler muitos livros de pensadores e mesmo olhar algumas de suas teorias, os grandes gênios que se manifestaram ao longo dos anos e receberam destaque por sua desenvoltura em aspectos diferentes eram ateus crendo nas forças e mecanismos do universo como uma teoria de evolução coordenada por reações químicas e formações de novos compostos. Deu-me a estranha sensação de poderem ter razão , de que o mundo ao qual fui apresentada pode ñ existir ou eu estar com a coordenadas mal direcionadas. 



Talvez acreditar em si e no poder das próprias habilidades seja o suficiente.

Animes



Sou apaixonada por animes desde os 5 anos de idade, tempo que só conseguia assistir a akguns, os que passavam em TV aberta como Sailor Moon, Dragon Ball, Fly, Yu Yu Hakusho.
Com o passar do tempo minha paixão pelo estilo de animação e traços característicos de séries emocionantes só aumentou. Sempre gostei de desenhar porém, acredito que o mangá me impulsionou a querer continuar e aprimorar minhas técnicas como faz a muitos otakus.
Além de me teleportar para outras realidades os animes influenciaram assim como ainda o fazem colaborando com idéias de aprimoramento para criatividade, a atenção voltada a diversão e nos permite conhecer um pouco da cultura nimponica.
Existem muitos estilos de histórias que vão do traçejado ao fundamento que é passado aos seus espectadores.
Exemplos de estilos de anime/mangá: 
Kodomo, o termo é traduzido como "criança", e, é usado para se referir aos quadrinhos nipônicos dedicados aos pequenos. São geralmente histórias mais simples e engraçadinhas, algumas com teor pedagógico.

O mais famoso dos mangás kodomo é, sem dúvida, Doreamon, criado em 1969, cuja publicação mais recente data de 2005. A versão anime do gato azulado do séc. XIII, perdido na nossa época, chegou a ser exibida no Brasil pela extinta Rede Manchete.

Shounen, traduzido como "garoto" e literalmente como "poucos anos", designa os mangás destinados aos adolescentes do sexo masculino.

Suas características tidas como marcantes são a ênfase na ação e nas cenas de combate comparadas aos demais elementos da história. Alguns focam relações amorosas de forma humorística, sendo quase um clichê a história do rapaz - usualmente tímido e indeciso - cercado por belas garotas, como Tenchi Muiyo ou Vídeo Girl Ai.Os desenhos de shounen seriam menos rebuscados em sua arte final, de modo a imprimir maior agilidade e dinamismo nas cenas de ação.
Entretanto, especialmente nos últimos anos, tais "regras" vêm sendo minimizadas, e, elementos tidos como de outras categorias são empregados com mais freqüência. Por exemplo, Tsubasa Resovoir Chronicles do Clamp, é um shounen que coloca a ação praticamente no mesmo patamar do romance e do drama.
Alguns exemplos de mangás shounen de sucesso são Saint Seya, Dragon Ball Z, Yu Yu Hakushô, Naruto, Bleach, Rurouni Kenshin, Gundam e Macross.

Shoujo, traduzido como "garota", literalmente "pouca mulher", seria a contraparte etária do shounen, dedicado às adolescentes do sexo feminino. Seus traços seriam mais delicados, com uma arte-final mais rebuscada e detalhada.
A ênfase temática estaria no romance, nas inter-relações dos personagens e nos seus conflitos pessoais. Entretanto, o que já se foi dito sobre a mistura de características de elementos no shounen, também se aplica aos mangás shoujo. Por exemplo, Guerreiras Mágicas de Rayearth utiliza ingredientes de mecha (robôs gigantes), tido como uma temática típica dos shounen.
Um dos subgêneros mais famosos do shoujo talvez seja o mahou shoujo ou magical girl, como Sailormoon ou Tokyo Mew Mew ou Super Pig, onde uma garota recebe poderes especiais para lutar contra as forças do mal.
Outro subgênero de destaque são aqueles focados na vida escolar, narrando as desventuras amorosas dos estudantes, destacando um casal, geralmente com personalidades antagônicas. Exemplos dessa temática são vistos em Karekano e Lovely Complex.

Seinen são os mangás voltados para um público masculino mais velho, especialmente adultos jovens entre 18 e 25 anos. Eles aprofundam temas que são, às vezes, apenas insinuados nos shounen, e, mesmo, shoujo. Geralmente contém uma temática mais aprofundada, cenas de violência mais explícitas e insinuações sexuais mais diretas.
Existe um foco maior na história em detrimento da ação, e, algumas vezes, suas narrativas são mais atreladas à "lógica da realidade".
Alguns exemplos de seinen conhecidos no Brasil são Chobits, xXxHolic, Patlabor, Berserk, Ghost in the Shell e Elfen Lied.

Josei é a contraparte feminina do seinen, dedicado principalmente às jovens mulheres. Os traços finos e delicados desses trabalhos, além da temática focada nas inter-relações pessoais dos personagens, fazem com que sejam, por vezes, confundidos com shoujos.
Contudo, sua narrativa é usualmente mais densa e realista. E as referências sexuais, tais como no seinen, são mais explícitas.
Nana, Paradise Kiss, Koi e Honey & Clover são alguns trabalhos josei bastante conhecidos.

Gekigá, mais que uma categoria de quadrinhos japoneses, se apresenta como um movimento artístico. Traduzido literalmente como "figuras dramáticas", ele surgiu em oposição ao mangá convencional ("figuras irresponsáveis"), buscando abordar temas mais adultos, com traços mais clássicos e realistas em contraposição ao estilo "cartoonesco" dos mangás mais comerciais.
Originou-se de fanzines disponibilizados por bibliotecas públicas de Osaka, conhecidas como kasihonya, que, logo após a II Guerra, se prontificavam a levar leituras de baixo custo para a população em geral, especialmente adultos, e, permitiam aos artistas um experimentalismo maior que as grandes editoras do período.
Sem dúvida, um dos mais famosos e marcantes gekigás é a série Kozure Okami (Lobo Solitário), criada nos anos 70 por Kazuo Koike e Goseki Kojima. No Japão, o impacto da saga do ex-executor do Shogun, Ito Ogami, e seu filho, Daigoro, é imensurável, ecoando ainda em produções recentes como Vagabond. No ocidente, sua influência também se faz presente, como na obra de Frank Miller (Sin City, 300 de Esparta), na série de graphic novels Estrada para a Perdição ou mesmo na animação Samurai Jack.
Outros gekigás de destaque são Mai - A garota sensitiva, Akira, Crying Freeman e Gen-Pés Descalços. Este último, apesar dos traços cartunescos é considerado gekigá devido à sua temática: o relato sobre os sobreviventes da bomba de Hiroshima, entre eles o próprio autor, Keiji Nakazawa.

Hentai é o termo empregado para designar os mangás eróticos e pornográficos japoneses.
No ocidente refere-se a qualquer produção quadrinística nipônica que mostre explicitamente um intercurso sexual. No Japão, usa-se uma pequena diferenciação entre as produções eróticas. Obras que apresentam cenas de sexo convencional são designadas pelos termos 18-kin (proibido para menores de 18 anos) ou seijin manga (mangás para adultos).
Os hentais, portanto, se referem a trabalhos que exploram fetiches sexuais em suas páginas. Algumas vezes se usa o termo ecchi para se dizer desse tipo de publicação. Ambos, hentai e ecchi, podem ser traduzidos, entre outros significados, como perversão.

Shounen-ai/Yaoi - Ambos os termos são usados para designar histórias que contém temáticas relacionadas a relações homo-eróticas masculinas. No Japão usa-se também o termo Boy's Love para esse tipo de história, que seria a tradução de shounen-ai para o inglês (shounen = garoto, ai = amor)
Entretanto, o shounen-ai aborda o tema de maneira mais leve, tendo como foco a relação afetiva dos envolvidos. Já o yaoi dá ênfase à relação sexual propriamente dita. A palavra yaoi vem da expressão: "Yama nashi, Ochi nashi, Imi nashi" (sem clímax, sem piadas, sem sentido).
No ocidente, os termos shounen-ai e yaoi são, muitas vezes, usados como sinônimos.
Exemplos de histórias com conteúdos shounen-ai: Sailormoon, Princess Princess, Tokyo Babylon.

Shoujo-ai/Yuri seriam os correspondentes femininos de, respectivamente, shounen-ai e yaoi.
O shoujo-ai se refere a histórias românticas protagonizadas por casais femininos, focando no envolvimento afetivo das garotas, sem necessariamente significar envolvimento sexual. Já o termo yuri trata de obras com cenas de caráter mais sexual. O termo yuri hentai também designa trabalhos explicitamente pornográficos.
Assim como shounen-ai/yaoi, no ocidente, shoujo-ai/yuri são tomados como sinônimos.
Sailormoon possui um dos casais shoujo-ai mais famosos dos mangás: Sailor Uranus e Sailor Neptune. Outra história com características shoujo-ai é Noir.
O mangá Fushigi no Kuni no Muyuki-chan (Miyuki-chan in Wonderland), do Clamp, pode ser considerado um meio termo entre shoujo-ai e yuri, embora tenda mais para a segunda categoria, e tomado por muitos como tal.

Doujinshi, ou simplesmente doujin, pode ser literalmente traduzido como "mesma coisa, pessoas diferentes". Em outras palavras, refere-se a histórias protagonizadas por personagens conhecidas, mas escritas por outras pessoas que não seus criadores.
Partindo dessa perspectiva, muitos escritores de fanfics que se especializam em histórias baseadas em animes e mangás denominam seus trabalhos como doujinshi, mesmo que ele não contenha ilustrações.
Entretanto, o termo usualmente se refere a mangás/fanzines de artistas (ainda) não profissionalizados, podendo conter tanto histórias originais quanto fanfics.
Alguns artistas, mesmo depois de estabelecidos profissionalmente, ocasionalmente fazem doujinshi. Um exemplo é o grupo Clamp, que, depois de famoso, realizou Tenku Senki Shurato Original Memory (Muma) em 1990, baseado no mangá Tenku Senki Shurato de Hiroshi Kawamoto, cujo anime foi exibido no Brasil pela extinta Rede Manchete nos anos 90.
Com o advento da internet, a profusão de doujishins aumentou drasticamente. Muitos são os fãs que disponibilizam seu trabalhos em sites como o DeviantART. O site Aku Tenshi tem uma pagina dedicada exclusivamente a douijishin.
O termo Doujinshi Circle é utilizado para nomear um grupo de artistas que trabalham coletivamente na criação de uma obra. O Clamp começou sua carreira como um Doujinshin Circle, contando com 11 integrantes nos seus primódrios. O grupo brasileiro Crimson Mark (ou Marca Rubra) recentemente inaugurou um site, tentando se estabelecer como um Doujinshi Circle virtual, embora seu trabalho seja essencialmente textual.



Amigo,Amante ou Aventureiro?






Ou talvez se possa ter tudo? O desafio da vida baseia-se nos momentos felizes dos indivíduos, tal afirmação pode apoiar-se ou melhor, deitar-se nessa proeza.
Como atingir o ponto de intersecção sem acabar definido por uma ou outra "função"?